Um museu virtual

Bem-vindo ao Memorial da Democracia, museu virtual produzido pelo Instituto Lula com o objetivo de contribuir para o resgate da memória das lutas de nosso povo pela democracia, pela igualdade e pela justiça social.  

Ao longo da nossa história, o povo aprendeu a duras penas que a democracia não cai do céu. Tampouco é uma oferenda dos poderosos. Ao contrário, ela é uma conquista das brasileiras e dos brasileiros que precisa ser permanentemente defendida, respeitada e aprofundada por todos nós. Ela é essencial para que a voz de todos se faça ouvir e os interesses das grandes maiorias sejam levados em conta na sociedade.

Num primeiro momento, o Instituto Lula pensou em construir o Memorial da Democracia como um museu físico, sediado em São Paulo, a maior cidade do país. Mas depois chegamos à conclusão de que o melhor formato seria o de um museu virtual. Graças à internet, ele pode ser visitado por um número muito maior de pessoas, de todos os Estados e regiões do Brasil, estejam elas onde estiverem – em casa, nas escolas, nos locais de trabalho, nos sindicatos, no trânsito ou nas ruas. 

É um museu que vai até você. E que você pode visitar na hora que bem entender.

O Memorial da Democracia pode ser acessado por computadores, tablets e celulares. Embora haja pequenas diferenças de navegação entre as diferentes plataformas, o conteúdo é basicamente o mesmo. Num primeiro momento, ele estará disponível apenas em português, mas versões em espanhol e em inglês serão oferecidas dentro de poucos meses.  

O Memorial tem uma proposta multimídia, oferecendo aos visitantes textos, fotos, charges, desenhos, cartazes, panfletos e documentos, reproduções de notícias da imprensa, exemplares virtuais de jornais, áudios com trechos de canções e discursos, segmentos de filmes e vídeos etc. No caso dos Extras, a linguagem é intencionalmente mais leve e lúdica, buscando dialogar com o público jovem. 

Neste primeiro momento, estamos entregando ao público dois módulos, que se referem a períodos mais recentes das lutas políticas e sociais em nosso país. São eles: a) 1964-1985: 21 Anos de Resistência e Luta, e b) 1985-2002: Reconstruindo a Democracia. Numa próxima etapa, outros três períodos serão abordados: a) 1930-1945, b) 1945-1964 e c) 2002-2010. Em seguida, nos debruçaremos sobre outras épocas e temas:  a República Velha (ou Primeira República), o Império e os movimentos republicanos, as lutas contra a escravidão, as revoltas e conjurações pela independência, a resistência dos índios por sua terra, liberdade e cultura, e os primeiros tempos do Brasil-Colônia.

Queremos conhecer suas críticas e sugestões sobre a forma, a navegação e o conteúdo do Memorial. Não hesite em registrar eventuais falhas e lacunas do trabalho. Dicas de fotos, textos, filmes, músicas, cartazes, documentos e panfletos também serão muito bem-vindas. Ou seja, sinta-se à vontade para nos ajudar a melhorar o museu virtual. 

Agradecemos pela sua visita e participação.